OBRIGADO POR VOCÊ!

Aqui no MBC NEWS, você sempre terá uma opinião!

Seja bem-vindo[a]!!!

Seja bem-vindo[a]!!!

domingo, 31 de maio de 2015

Uma bomba para os blogueiros que usam o serviço BLOGGER


Estão notando que eu sumir do blog? Que eu sumi do MBC NEWS? Pois é, o blogger ou a Microsoft, mas pelo que parece o BLOGGER modificou algumas coisas que ninguém sabe, e com isso fez os usuários do mesmo, não conseguir publicar no BLOGGER pelo 'Windows Live Writer' e com isso, tendo que ir para o editor do site do BLOGGER, porém, o mesmo está um absurdo para escrever!

Fico aqui decepcionado e ainda revoltado, por tamanha coisa que fizeram e tamanho descaso, enfim, muita confusão, muita reclamação de outros blogueiros com o mesmo problema, uma lista enorme dos mesmos reclamando para o google, bloggger e microsoft e o inusitado, dês do início da semana passada ou do dia 20 quem usa esse programa não consegue, pois dar um erro.

Enfim o que me resta é esperar, principalmente que ferramentas é difícil para conseguir para editar o blog. Infelizmente eu que planejo tudo estou atrasado nos posts e assim estou preocupado e ainda dando uma má impressão para o público que acompanha e ler o MBC NEWS regulamente.


Desculpe-me!
Share:

sexta-feira, 22 de maio de 2015

[#ACONTECEU] O fim do mundo dos anos 2000, o “bug do milênio”.

ACREDITA ISSO ACONTECEU 2015.0

bug-do-milenio

Vocês acreditam que no ano 2000, aconteceu uma coisa bastante louca chamada “o bug do milênio” e que todos estavam aterrorizados nos anos de 1999, por causa do novo milênio? Pois é, você acredita? Isso aconteceu! O mundo todo estava aterrorizado e se nada fosse feito para atualizar os computadores colocando mais um digito na data do ano, coisas extremamente ruins poderia ter acontecido e com isso invalidando todos os computadores dês dos simples até mesmo os mais perigosos e importantes.  Não acredita? Então leia esse textinho!

Milenarismo
A especialista explica que uma corrente chamada “milenarista” acreditava que o reinado de Cristo sobre a Terra duraria mil anos. A chegada do ano 1000 da Era Cristã foi, portanto, aguardado com bastante ansiedade na Europa medieval.

O escritor austríaco-americano Richard Erdoes, autor do livro “A.D. 1000: Living on the Brink of Apocalypse” (“1000 d.C.: vivendo à beira do Apocalipse”, em tradução livre), conta que a expectativa pelo retorno de Cristo dominou “não só o ano 999, mas todo o século que o precedeu”. Segundo o livro, lançado em 1988, as pessoas da época imaginavam que o Armagedom viria na noite de Natal ou à meia-noite, na virada de 999 para o ano 1000.

O Papa Silvestre II celebrou uma missa diferente na virada do ano, com rituais religiosos especiais. Como o mundo não acabou, surgiram lendas em torno do pontífice, de que ele teria recorrido à ajuda de magos árabes – ou até feito um pacto com o diabo.

‘Bug do milênio’
Mil anos depois, a virada de 1999 para 2000 também seria recheada de crenças sobre o fim do mundo. Além de previsões apocalípticas ligadas a grupos religiosos – o pastor americano Edward Dobson chegou a escrever um livro explicando por que Jesus poderia voltar naquele ano –, uma questão tecnológica causou grande preocupação na sociedade.

Muitos programas de computador desenvolvidos durante o século 20, especialmente os mais antigos, abreviavam o ano colocando apenas os dois últimos algarismos – em uma data, o ano de “1988” seria escrito apenas como “88”, por exemplo. Assim, quando houvesse a passagem de ano de 1999 para 2000, esses programas leriam o novo ano como se fosse 1900. Esse grande erro no sistema ganhou o apelido de “Bug do milênio”.

O temor era de que o erro causasse uma grande pane nos computadores mundo afora e que isso comprometesse desde o funcionamento de bancos até usinas nucleares e instalações militares – onde residiria o risco de grandes catástrofes. As Nações Unidas chegaram a criar um grupo específico para prevenir contra a ameaça do “Bug do milênio”. A chegada do ano 2000 trouxe poucos e localizados erros de informática, sem consequências globais significativas.

G1, Acessado dia 13/01/15; Veja mais teorias do apocalipse em: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/12/profecias-do-fim-do-mundo-ja-falharam-no-passado.html

Pois é pessoal, não foi brincadeira não, o terror era tão grande que pessoas estocavam comida, arma e tudo mais com medo da virada de milênio, uns acreditavam que seria a volta de Cristo, outros não, tinham medo é do bug do milênio, e com isso nessa mistura de teorias de apocalipse, as pessoas ficaram assustadas, mas tudo foi resolvido no caso do apocalipse da volta de Cristo na virada de milênio….. Será que em 2999 vai rolar terror também? E no caso do bug do milênio, líderes de algumas nacionalidades se reuniram e mandaram fazer uma breve atualização nos computadores e com ajuda da tecnologia, o grande desastre foi resolvido… É pessoal… Vocês acreditam em mim? Isso aconteceu!

[+] http://pt.wikipedia.org/wiki/Problema_do_ano_2000

[+] http://www.ebc.com.br/cultura/2012/12/conheca-previsoes-do-fim-do-mundo-que-nao-deram-certo

Crédito da imagem

07B01

Matheuslaville – Falecomlaville@live.com

6 Anos assim! – Envie um e-mail para mim se gostou, tem alguma sugestão, ou critica construtiva, parceria ou conversar.

Share:

terça-feira, 19 de maio de 2015

[#AUTOAJUDA] O poder do pensamento.

APREDIZ DE AUTOAJUDA (2)

iof

O poder do pensamento… Já parou para pensar o que ele pode fazer em você? Simplesmente esse poder pode fazer maravilhas em você, basta você acreditar, reforma e fazer isso agregar ou/e mudar suas convicções! Com esse poder você pode ir a qualquer lugar, e é sobre isso que eu vou escrever para vocês hoje!

Com o poder de você pensar muito em uma certa coisa, pode-se transformar em realidade para a sua vida, por exemplo, se você pensar que pode fazer sua vida melhor, você pode ter uma vida melhor e ainda ter motivação para transforma a sua vida para melhor em uma simples mágica. Já ouvimos muita coisa sobre isso, se pensarmos que podemos aguentar certa coisa, podemos, aguentaremos e sobrevivemos! Porque o cérebro manda em tudo e ele pode fazer milagre, se exercitamos para aguentar algo e usamos a força para mudar nossas resistência, simplesmente podemos fazer o corpo aguenta mais, basta, por exemplo, pensar que podemos está em uma situação de perigo e um estante mágico, brigamos para nos defender e podemos levar até um golpe que se não estivesse sem esse ágil transmissões e controles do cérebros rápidos, a gente não aguentaria nem se quer um golpe, porém, se colocamos algo na mente e trabalhar para aguenta ou/e com um momento de adrenalina, podemos nos surpreender com o poder do cérebro e do poder do pensamento.

[+] https://www.youtube.com/watch?v=IsRBIDGqP5I <-- [Filme documentário a resposta para absolutamente tudo, que aborda física quântica, lei da atração, poder dos pensamentos positivos]

Então o simples ato de estimular o cérebro pode fazer muitas coisas, e se pensamos positivo, que vamos consegui, que podemos fazer mais, que podemos mais que o limite, você verá se estimular e aprende a usar o bom pensamento, que tudo é possível mesmo no extremo do extremo, que podemos ir longe com o poder do pensamento, e sem mais delongas falo isso: O poder de você pensar em algo positivo e reforça, pode lhe deixa muito mais forte, preparado e além do seu limite do que você prever ou pensar, ou seja, o poder do pensamento positivo pode lhe surpreender!

Crédito da imagem

06A01

Matheuslaville – Falecomlaville@live.com

6 Anos assim! – Envie um e-mail para mim se gostou, tem alguma sugestão, ou critica construtiva, parceria ou conversar.

Share:

sábado, 16 de maio de 2015

[#HEARTASIA] Comentando alguns costumes da Ásia 01.

CORAÇÃO ASIÁTICO

10851079194_b921378b5a_z

Hoje eu vou comentar as coisas que eu acho na internet sobre costumes da Ásia e hoje eu vou dar meus comentários, ou não, bem eu vou falar minhas impressões sobre as culturas deles. Então vamos lá!

1) Para visitar templos religiosos é necessário vestir calças compridas e blusas com manga. Em alguns locais é preciso tirar os sapatos. Fotografar e tocar em imagens e estátuas é proibido;

Comentário: É um costume bem interessante, já sabia desse assunto de ter que tirar os sapatos ao entrar em casa e tudo mais, mas não sabia que era tanto conservador, apesar de saber que lá é um respeito enorme que eles dão para tudo. Com isso, não é um choque de realidade para mim sobre isso, mas agora vamos pensar, lá as pessoas fazem toda essa educação, enquanto no Brasil a moda é quase anda pelado, ou melhor, quanto menos melhor, é bermudão para ir para algum lugar que não convém e tudo mais.

2) Sente-se sempre escondendo a sola dos pés (pernas cruzadas em posição de meditação ou dobrando os joelhos e sentando sobre os pés), mostrar a sola dos pés é uma atitude ofensiva e mostra falta de respeito.

Comentário: É um costume meio curioso, não preciso falar muito, afinal não tem muito o que se falar.

3) Assoar o nariz na rua ou cuspir são sinais de higiene, significa que está tirando algo sujo de dentro do corpo. (Especialmente na China)

Comentário: É meio um choque ver isso no ocidente, pois é sinal de falta de higiene, porém é meio curioso, contudo aqui no ocidente é polêmico.

4) Deixar de beber todo o conteúdo do cálice num brinde é sinal de grave ofensa.

Comentário: É uma coisa que dar-se para perceber logo de cara, que é por causa, de que eles pensam talvez que a pessoa acha que ele colocou alguma coisa dentro do que bebe, ou seja, a pessoa não bebendo mostra uma desconfiança para quem ofereceu a bebida.

5) É permitido pechinchar no comércio de rua em Hong Kong, os descontos podem chegar em até 30%! Mas não tente pechinchar em lojas dentro de shoppings, eles tomam essa atitude como ofensa. (Hong Kong)

Comentário: Não tenho muito o que falar sobre isso.

6) Mostrar a língua para as pessoas, em algumas tribos, é um ato de cumprimento.

Comentário: É meio inusitado isso, será que Miley Cyrus aprendeu mostra a língua depois que soube disso? =)

7) Encarar pessoas nas ruas é considerado uma forma de humilhação.

Comentário: As pessoas que encaram humilham a pessoa é uma coisa até que tem aceitação no ocidente, ou melhor, tem compreensão, encara a pessoa, por exemplo, aqui no ocidente em um assunto meio pesado é um a coisa que já dar para percebe-se que dar um efeito de humilhação sim.

8) A vaca é um animal sagrado, o trânsito é sempre desviado caso uma delas resolva deitar-se na rua. (Índia)

Comentário: O jeito é respeita a cultura dele, mais se é um pouco “WTF” is….

9) Nunca converse com as mãos nos bolsos ou para trás. Isso é considerado um ato grosseiro;

Comentário: É no mínimo curioso.

10) Nunca presenteie um japonês com relógios, eles simbolizam a morte. (Japão)

Comentário: Faz sentido, imagino então que em um dorama Coreano eu vi que um homem dar um relógio a mulher, porém tão pertinho ambos países, e essa cultura não pega no resto da Ásia, uma coisa bem curiosa. Então preste atenção se for por Japão, hein?!

11) Ao receber um cartão de visitas, segure-o na mão. Colocar no bolso ou escrever sobre ele, é sinal de grosseria.

Comentário: É um pouco lógico no meu pensamento de ser, acho que isso acontece, bem no achismo, porque as pessoas pensam que quando coloca no bolso quer dizer que não liga ou “engavetou” as coisas.

12) Numa conversa informal os tailandeses podem fazer perguntas muito pessoais, consideradas invasivas em nossa cultura. Mas não é por mal, é uma forma de demonstrar interesse em conhecê-lo melhor. (Tailândia)

Comentário: É a moda não pegaria muito bem aqui, eu mesmo não me sentiria, visitando como turista lá se me fizesse uma pergunta dessas. Mas é interessante!

Então é isso pessoal, até mais!

Crédito da imagem

06A01

Matheuslaville – Falecomlaville@live.com

6 Anos assim! – Envie um e-mail para mim se gostou, tem alguma sugestão, ou critica construtiva, parceria ou conversar.

Share:

quarta-feira, 13 de maio de 2015

[#ESCRITAS] Dias de inverno.

PALAVRAS ESCRITAS 2014 01

Dias de inverno

3346788208_ac3b8a3174_z

Sensação de sentir um frio,

Mas um frio bem gostoso sem fim,

Um final frio, romântico e especial…

Como uma sexta à noite!

######

Sentido um frio intenso,

Um frio que faz-me sentir…

O calor do coração…

Sentindo ele me aquecer,

Como uma flor ao se ver,

A realidade do sol da primavera gentil.

#####

Num amor intenso com o frio…

Um chocolate quente vem me alegrar,

Um doce em energiza-me…

[Mas afinal é tão bom ficar todo coberto assistindo seriados!]

Em uma coisa nova e antiga.

Uma coisa como a estação do tempo…

Um sortilégio de amor e paixão…

Uma bela e linda canção!

########

Uma coisa de frio e seus amores,

Um frio sem fim de congelar a alma,

De trazer para a vida uma coisa que o coração deseja,

Uma simples coisa que o coração precisa…

Simplesmente de um calor,

Para alegrar e aquecer o coração!

########

Frio intenso, odeia-te verão,

Afinal o que é um sufocado e ensolarado verão,

Um inverno é uma coisa econômica,

Uma coisa que não precisa muito de palavras…

E simplesmente de ações….

Simples e puras ações!

########

Entre o deleite de um inverno, rigoroso inverno…

Entre a paixão de casais se esquentando…

Entre o coração que precisa de amor….

De um amor quente para lhe viver…

Viver sentindo a procura do calor,

Nesse rigoroso e chuvoso inverno.

Entre o estalar do dia vejo…

Como é gostoso a chuva do inverno!

########

Brilha a ti ver as gotas da chuva,

Brilha a ti o seu coração pedindo calor…

Faz-se então a clássica cena…

De um casal apaixonado se beijando na rua chuvosa,

Afinal quem se importa em pegar um resfriado…

Quando está amando!

#######

[Tudo está à procura do amor]

[O frio não é por acaso]

[Cuidar do coração é o essencial]

[A alma precisa ser alimentada de amor…]

[O coração não suporta o frio da solidão]

[Então adote um coração ferido…]

[Seja corajoso[a] e vá atrás do seu “quente”]

[Por mais difícil que seja…]

[Escute o seu coração…]

[E adote um coração de um estranho amigável]

[E esquente-o!]

Escrito por Matheuslaville

Crédito da imagem

assinatura 08

Matheuslaville – Falecomlaville@live.com

6 Anos assim! – Envie um e-mail para mim se gostou, tem alguma sugestão, ou critica construtiva, parceria ou conversar.

Share:

domingo, 10 de maio de 2015

[#HEARTASIA] Valores do Japão funcionam até mesmo no extremo.

CORAÇÃO ASIÁTICO

Mesmo diante do pior terremoto de sua história, país mantém organização e evita pânico

japão-fila-Toshifumi Kitamura-15032011-AFP
Mesmo nos momentos mais difíceis, os valores transmitidos pela cultura milenar japonesa estão lá: respeito, disciplina, introversão e espírito coletivo. Aliados a um preparo técnico especializado, esse “espírito japonês” colaborou para que o país não entrasse em um caos ao enfrentar seu pior terremoto de 9 graus na escala Richter, seguido de um grande tsunami. As diferenças são grandes ao comparar as comedidas reações japonesas com a de outros países atingidos por desastres naturais. No terremoto do Chile de 2010, por exemplo, mais 7.000 soldados tiveram de conter as ondas de saques em Concepción. Até mesmo no rico Estados Unidos, durante o furacão Katrina de 2005, eram comum casos de violência e roubo.

A diretora do Núcleo de Estudos da Cultura Japonesa da UEL (Universidade Estadual de Londrina), Estela Okabayashi Fuzii, destaca que os japoneses estão preparados psicologicamente e tecnicamente para enfrentar adversidades naturais – especialmente terremotos.

- Os japoneses não são extrovertidos, não fazem alardes ou muito barulho em situações como essa. Toda a cultura milenar, educação e treinamento desde pequenos explicam a forma positiva como eles responderam ao desastre. Japoneses treinam como reagir a terremotos

Ainda crianças, na escola, a população é orientada sobre como reagir a um terremoto e fazem simulações para casos mais graves.

Em entrevista ao R7, o paulistano Alexandre Mauj, que tem uma coluna voltada para a comunidade brasileira no Japão, explicou que "nesse tipo de situação, os japoneses reagem como os brasileiros em caso de assalto".
- Eles não entram em desespero porque já sabem o que fazer. Em casa, todo mundo tem um kit-terremoto com remédios, alimentos e documentos. Eles pegam o que têm de pegar e saem de casa, para um lugar aberto ou ficam debaixo da mesa, longe de lugares com vidros.

Longas filas em supermercados e postos de combustíveis podiam ser vistas desde domingo (13) na região de Sendai, uma das mais afetadas pelo tremor e pelos tsunamis. A organização e a ausência de saques, segundo Estela, são explicadas pela rígida educação japonesa.

- Eles não agridem, no máximo falam algumas palavras fortes de descontentamento. O respeito e a honestidade vêm de uma forma muito natural. 

 

Texto linkado do site –> http://brazukainjapan.blogspot.com.br/2011/03/valores-japoneses-explicam-aparente.html visto em 16/01/2015.

06B02

Matheuslaville – Falecomlaville@live.com

6 Anos assim! – Envie um e-mail para mim se gostou, tem alguma sugestão, ou critica construtiva, parceria ou conversar.

Share:

quarta-feira, 6 de maio de 2015

[#CULTONLINE] Um livro para você saber “O preço de ser diferente” de Leonel e Mônica Castro.

CULTURA ONLINE

EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaEstrela

tumblr_m7wkxkFzuv1rtdu8r

É momento de cultura no MBC NEWS hoje! Então começo o seu entreter com o livro espirita chamado “O preço de ser diferente”, é um livro que li, imaginei, fantasiei, tive uma série de tabus quebrados com ele, como por exemplo da homossexualidade e também religião. Nunca imaginei um livro religioso que abordasse esse tema tão forte para as religiões, nesse livro eu não li julgamento, crítica, preconceito, ou falta de compreensão de ser homossexual; Nesse livro vi paz, acolhimento, ajuda, e exemplo de qual é o jeito de aborda isso, que é com amor, não com ódio, esse livro é capaz de mostrasse para muitas pessoas que o ódio, pode ser vencido com amor, e que no outro plano ou nesse você nunca está sozinho, sempre haverá alguém para lhe ajudar, e é isso que devemos fazer, não julgar e sim apoia, esse livro me ensinou isso, e eu quero compartilha essa experiência com você! Vamos para Sinopse do livro!

 

Resumo:

Romero é um jovem de 14 anos que vive com o pai Silas, a mãe Noêmia e a irmã Judite. Silas é um pai autoritário e machista, que ao perceber as tendências homossexuais do filho passa a persegui-lo implacavelmente e chega até a levá-lo em uma prostituta. Noêmia, por temer a ira do marido, assiste a tudo calada. A única amiga de Romero é Judite.  Após uma sessão de cinema, Romero é violentado por um rapaz chamado Júnior e, apesar da dor física e emocional, não conta com a compreensão do pai que o proíbe de tocar no assunto com quem quer que seja. Triste e magoado, Romero se fecha para o mundo até que conhece Mozart, um rapaz de 17 anos de idade, cuja família é mais liberal e os dois começam a namorar. Entretanto, Junior - inspirado por inimigos desencarnados de Romero - acaba contando para Silas sobre a relação de Romero e Mozart. Silas segue os dois e, ao confirmar suas suspeitas, espanca o filho e o manda embora de casa. Romero é internado e cuidado pelo Dr Plínio. No dia da alta de Romero, Judite enfrenta Junior e acaba assassinada por ele. Romero se vê totalmente abandonado, mas é amparado por quem menos imaginava: Dr Plínio o leva para sua casa e conta com o apoio de sua esposa, mas não do cunhado Rafael, um jovem insolente que antipatiza com Romero de imediato. Mozart é enviado pelos pais para estudar na Europa e os dois perdem contato.
No mundo espiritual, Judite relembra uma encarnação anterior e descobre o porque desses acontecimentos. Juntamente com Fábio, seu instrutor, passa a auxiliar a caminhada do irmão. Com a ajuda de Plínio, Romero estuda medicina, mas, devido a pesados débitos do passado, Romero ainda sofre muito no decorrer do livro, chegando a ser o suspeito de violentar o filho de 11 anos de Plínio. Tudo isso sem nunca se esquecer do seu grande amor, Mozart, que também nunca se esqueceu de Romero.
Ficha Técnica:
Espírito: Leonel
Médium: Mônica de Castro
Páginas: 368

[+] http://www.blogdolivroespirita.com/2012/11/o-preco-de-ser-diferente-leonel-e.html visto pela última vez dia 16/01/2015.

 

 

Meu comentário sobre este livro: O livro é fantástico, em todos os termos, dar-se para imaginar tudo o que está escrito, praticamente você cai na história e ainda sente tudo o que é expressado no livro de uma maneira que toca na alma da pessoa este livro, sem dúvidas eu recomendo para você que tem preconceito contra os homossexuais, indico para as pessoas que como eu antes desse livro não tinha muito engajamento de lidar como natural e com isso eu recomendo as os espiritas que não conhecem, e para você que não conhece e/ou tem algum preconceito e tudo mais. Dar para sentir a história, ficar revoltado, triste, perde a noção do tempo lendo o livro, você realmente perde a noção da vida fora deste livro lendo-o, é uma coisa que não tem muito o que explicar, porque se eu continuo explicando eu conto a história toda, enfim eu recomendo!

Enfim, recomendo a todos uma boa leitura e que comprem o livro, afinal esse é sensacional, 5 estrelas! E li e recomendo!

 

Crédito da imagem

07B01

Matheuslaville – Falecomlaville@live.com

6 Anos assim! – Envie um e-mail para mim se gostou, tem alguma sugestão, ou critica construtiva, parceria ou conversar.

Share:

domingo, 3 de maio de 2015

[#PENSARFOCAR] O medo do desconhecido é o mal para a vida.

PENSAMENTOS EM FOCO

 

madonna2

A razão pela qual intolerância, sexismo, racismo, homofobia existem é o medo. As pessoas têm medo de seus próprios sentimentos, medo do desconhecido.

Madonna

As pessoas muitas vezes no fundo tem medo de algo, possa ser medo de altura, ou medo de cachorro ou outros tipos de medos, porém, a razão da intolerância ao desconhecido deve ser o medo, e provavelmente é, temos medo de ver as coisas que não estamos acostumados, tem gente com medo de negros, porque, associam eles com algumas coisas ruins, e com isso a marginal, basta ver uma pessoa em uma rua deserta, passando com a mochila ou a bolsa, que ao ver um negro, já pensar em maldade e reforça a defesa pensando que o negro é marginal, principalmente quanto mais escuro. Tem gente que tem medo do sexismo, porque acha uma coisa absurda, acha que é baixaria, afinal quem tem medo de aperfeiçoar o seu sexo, taxando como coisa que não se pode fazer, ou coisa mundanas, com medo é claro de ser punido e não ir por céu, e também puxando mais para a homofobia, tem gente que tem medo porque acha uma coisa tipo: Se um “virar” daqui a pouco todos estão virando e acabando com a reprodução no mundo; mas para essa resposta basta pensar que tem países como o Japão que as pessoas estão nem ai com o sexo mais, e até foi matéria do G1, que eu vi isso, então só por isso basta, afinal entra em contradição, sexo é mundano, porém homossexualidade não reproduz e não é coisa de Deus, então me fale…. Qual ao destino da população então? Não pode fazer muito sexo porque se não é mundano e homossexuais não reproduz, e sexo é mundano…. Então quer dizer praticamente que não há reprodução pensando assim. Então as pessoas têm medo do desconhecido e de expressar os seus próprios sentimentos, este é o fato. O medo dos sentimentos é uma coisa profunda e que tem uma abertura tão grande e pura que gera terror a qualquer um, se descobrir-se seus verdadeiros, brutos e puros sentimentos!

Crédito da imagem

 

06B02

Matheuslaville – Falecomlaville@live.com

6 Anos assim! – Envie um e-mail para mim se gostou, tem alguma sugestão, ou critica construtiva, parceria ou conversar.

Share:

Obrigado pela sua visita! Volte sempre!!

Lembre-se no MBC NEWS, você sempre terá uma opinião!