Aqui no MBC NEWS, você sempre terá uma opinião!


sábado, 3 de dezembro de 2016

# BAD? : O monopólio das igrejas no canal aberto

WHO'S BAD 00 MrLaville

charge-bier

O monopólio das igrejas no canal aberto é algo extremamente irritante e ruim, enquanto a religião deveria seguir uma linha na qual quem procure vá até ela; hoje em dia, no canal aberto somos quase forçados a assistir elas, ou senão terremos que “voluntariamente” desligar nossas queridas televisões! O monopólio é isso, você ver que em quase todos os canais está passando assuntos relacionado a igrejas e até arrisco a lhe dizer uma verdade dura na qual, tem igrejas que no mesmo horário está passando em mais de dois canais abertos ao mesmo tempo…. Você acha isso justo? Será que não é um monopólio? O que você acha? Será que se ficamos calados um dia nós seremos obrigados a assistir isso? Pois bem, sem citar nomes o texto de hoje vai ser sobre esse detalhe que era para ser legal, mas, que já está enchendo a paciência e é claro o saco!

igrejauniversal2

Daí venho com a seguinte pergunta: Se o objetivo é a pessoa assistir tranquilamente em sua casa e em paz, porque não compra uma emissora e só faz passar sei lá o que de religião ao invés de passar a mesma coisa em mais de dois canais abertos? Eu tenho essa dúvida séria sobre esse assunto, pois, em minha opinião humilde, tem uma certa igreja que lucra bem e faz de tudo para monopolizar a televisão e sem falar que agora está começando a ser uma forte ameaça com alguns políticos que com toda certeza vai misturar religião com o poder… Ou você é tão inocente que não acredita? Enfim, porque não criar um canal aberto para religiões e quem quiser assista, e não fazer essa coisa de monopolizar? Então, talvez essa monopolização gere algum dinheiro, pois, para quer ter em tantos canais? Será que é porque está gerando um possível dinheiro? Meu bem, perguntar as vezes não ofende hein! Então estamos em um tipo de coisa e luta contra o bom senso de deixar um canal para eles fazerem não sei o quê, ou a “água milagrosa que Deus derrubou no 7 dia da criação da Terra” versus é claro, o poderoso lucro, pois, se tem dinheiro para ficar comprando horários loucamente é claro que surge e ganha algo! Ou será que a compra de horários é de graça e não ganha nada? Vamos pensar um pouco?

padres indenização

E digo mais, é obrigado assistir? Porque não sei se vocês repararam (apesar de ter diferencial entre TV local), que na madrugada inteira tem mais de 2 canais passando culto, água de sei lá o que, pedra que foi jogada no mar de sei lá, o suor divino do apostolo de sei lá e tudo mais! Agora vocês podem me falarem que não é obrigado para a assistir eles, porém, chega um certo horário na TV aberta que você olha, e não tem tantas opções, e isso é de deixar com uma raiva, pois, você ver que poderia ter um programa legal mesmo de madrugada, todavia, você ver um canal próprios para eles (no qual concordo, a emissora é deles e os próprios fazerem o que dê na telha deles), entretanto, tem outros canais passando a mesma coisa do canal deles e sendo que as vezes até outro pastor deles, mas aí eu lhe pergunto: Será que só deixar livre dois canais abertos para a pessoa assistir não é um forçamento de barra? Não é querer que desligue ou assista? Por exemplo, quem não gosta da Globo e não quer ver notícias no SBT assiste o quê? Estou aberto a sugestões de quais programas assistir e canal nesse horário! Tem algumas? Então o que me irrita é toda madrugada voltada ao culto enquanto quem sabe um programa de debates poderia ter ou entre outros! Pois assim, praticamente é quase uma obrigação a assistir e ter que guardar certas raivas disso. O bom mesmo foi Silvio Santos que é contra o SBT ter esses horários vendidos para uma tremenda falta de bom senso, respeito e bondade que é passar qualquer conteúdo religioso na TV, pois, é a mesma coisa que você espirita falar toda hora com um católico sobre sua religião enquanto o mesmo não concorda e se sente mal ao ficar 24 horas ouvindo coisas espiritas.

charge_igreja_universal_fausto

Então, eu fico com a seguinte pergunta em relação a isso, que é: O importante para a fé é ser feita na obrigação? Isso é bem engraçado, será que é legal você ter fé por obrigação, tipo vai na igreja católica faz aquela cena toda e depois culto ao sair da igreja ficar jogando pedras em Deus e o mundo? E outra coisa, eu sempre defendo que se quiser seguir a sua religião, ou seja, ter sua religião, não faça igual à alguns que é só convém os versos da bíblia que lhe convêm! E assim, até de crítica e fazer o mundo destruir nas suas próprias mãos eu digo, antes disso cumpra com tudo que está escrito não porque é evangélico e crente comer bacon e depois jogar pedra em gays; não porque é crente respeitar a sua igreja e seus irmãos e depois sair destruindo imagens de outra religião, então eu apoio a seguinte filosofia de ter fé e ir na fé e não fé por obrigação! Pois, esse assédio ou apenas negócios que está acontecendo é que não dar para aceitar! Pois o que parece ou talvez seja é que o dinheiro é mais importante que a fé!

bancada-evangelica

Já terminando esse texto eu digo que quem se interessa assiste e quem não se interessa o correto é assistir o que lhe convêm, e não ficar restrito a dois canais, porque isso que é a monopolização, que no qual se dependesse dela nem dois canais teríamos para assistir. Pois o monopólio deixa muito restrito o que devemos assistir e até é da política de “Não gostou? Então desligue a sua televisão! ”, então é isso que eles querem e temos que ficar “antenados” para reclamar por uma programação melhor, com qualidade e respeito!

Afinal o quem é mau na história e um resumo das trevas dele!

charge-falso-cristao

Esse sujo joguinho e monopólio é o que me deixa nas trevas, aliás o que deixa qualquer um na era das trevas, pois, quanto programa bom para se passar nos horários vendidos para igrejas vendidas e que só estipula muitas das vezes o seu dinheiro e faz uma tremenda de uma exploração da fé alheira! E isso é o absurdo da história, pois como nesses dias assistir o “Ver TV” do canal Brasil, fala a mesma coisa sobre o que digo nesse texto (e outros sobre sobre o tema) e até indico para vocês assistirem que foi o “Ver TV: Debate na TV” e realmente recomendo para mostrar que não sou o “diferentão” que quer por ideias lunáticas acabar com algo “aprovado” para todos e sim, meu intuito é mostrar o lado das trevas da coisa, e mostra que não é só eu que não gosto dessa monopolização e sim muito mais gente, mas, que as mesmas ficam caladas porque ou não acertam elas em cheio esse absurdo do monopólio, ou porque não estão acordados ou querendo ver a TV quando boa parte está vendida para as igrejas. Eu defendo uma programação que não nos cegues e sim que traga a luz nos nossos olhos, como disseram no Ver TV, que tenha mais debate sim! E menos coisas de religião que só é bom quando não é obrigatório e do jeito que está, eis que estamos sendo obrigados a engoliram tudo e guardarem o nosso rancor calados e censurados! Então eu apoio mais inteligência, qualidade e conteúdo e menos horários vendidos para as igrejas, e para terminar, passem bem! E é claro se for programação religiosa, que passem bem longe de mim!

VEJA MAIS DO PROGRAMA QUE FALA DISSO [+] : https://www.youtube.com/watch?v=rCBOgLB-AVU

Imagens retiradas da internet e reproduzidas no blog: 01, 02, 03 , 04 , 05, 06.

E por acaso eu  me esqueci de algo? Então não esqueça!

 

WHO’S BAD?

MBC NEWS MR LAVILLE 03 ASSINATURA

Matheuslaville – Falecomlaville@live.com

Mais de 7 anos dando opinião! – Envie um e-mail para mim se gostou, tem alguma sugestão, ou crítica construtiva, parceria ou conversar.

2 comentários:

  1. na realidade pessoas erram, se a matéria é por , digamos, "magoa " das pessoas que erram em não dar exemplo correto, por outro lado tem a discordância de não crer, mas crer é individual...não deixe de crer em Cristo por erro de pessoas por que:De maneira nenhuma; sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso; como está escrito:Para que sejas justificado em tuas palavras,E venças quando fores julgado. Romanos 3:4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O texto tem dois sentidos, uma é que as igrejas não são justas comprando horário e como está o link do vídeo de um programa, o próprio afirma que é errado o que elas fazem segundo a lei, mas que poucos veem isso. Também é sobre pessoas errarem, mas, em minha filosofia de vida vejo que se é para se comprometer em uma religião, tem que fazer de tudo para seguir tudo que está escrito, porque caso contrário virá um jogo de convêm. Então é isso que deve ser olhado se é certo a madrugada ter 7 canais por exemplo (não estou sendo exato de canais, contudo são a maioria) de igreja e só o SBT e Globo não passando isso (tirando o SBT emissoras locais que tem essa pratica). Enfim, é justo obrigar a pessoa ter fé? A fé não deveria ser voluntária? Coisa do tipo vinda do coração? É uma coisa a fazer uma reflexão.

      Obrigado pelo comentário...

      Excluir

Mais conteúdo

Obrigado pela sua visita! Volte sempre!!

Lembre-se no MBC NEWS, você sempre terá uma opinião!


Adbox