#LADOCRÍTICO : Review – É importante ser você já basta de máscaras como diz Pitty! - MBC NEWS

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Aqui no MBC NEWS você SEMPRE terá uma OPINIÃO!!

Bem-vindo ao meu blog, o MBC NEWS, obrigado por você está aqui! Boa leitura e vamos trocar ideias, Okay?!

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

#LADOCRÍTICO : Review – É importante ser você já basta de máscaras como diz Pitty!

MEU LADO CRÍTICO 00 Disco95

Pitty, a rockstar!

Imagine uma baiana rockeira? Imagine em meio ao populoso axé e pagodão da Bahia e em especial Salvador? Bem, esqueça coisa de que do tipo que se você for da Bahia e só para ter sucesso deve seguir a “cartinha regional”, bem é isso que Pitty fez em 2003 em sua carreira! De onde se viu em meio ao forte popular axé e pagodão, uma garota rockeira ter o álbum de rock mais vendido no Brasil naquele tempo? Em meio as bandas de homens de rock nacional e é claro, sem sangue deles longes de serem baianos?

Pitty teve a proeza de falar e criticar o jeito de imitar e ser o “padrãozinho” da pessoa comum, em meio a críticas da superficialidade das pessoas querendo imitar serem as pessoas mais aceitas da sociedade (aquele bonitinho), e assim, esquecendo-se de sua estrada; Pitty propõem uma reflexão se vale a pena imitar o outro fingindo gostar das mesmas coisas que as pessoas mais aceitas gostam, na qual, no final todo mundo está usando máscaras (em grande parte) e não sendo o que é mais importante que em meio ao rock pesado “o importante é ser você”!


Então nessa música do disco ‘Admirável chip novo’, ela vem com forte crítica, contra a corrente baiana de sucesso, “contra” o que a sociedade fazia e AINDA faz muito, que é vestir sua máscara imitando ser uma pessoa “normal”, fazendo assim um grande serviço para o “acordar” da sociedade sobre um sistema manipulativo que cobra a todos nós usamos máscaras para sermos aceitos na sociedade vivendo uma vida superficial! Será que foi fácil isso tudo que Pitty fez daqui da Bahia para alcançar o Brasil todo em ainda no seu primeiro álbum solo?


Lado Crítico!

MEU LADO CRÍTICO música 01

1. ELEMENTOS MUSICAIS = 42 PONTOS / DE 60 PONTOS

1.1. Melodia = 12 Pontos (–3/ –5)

A melodia traz Pitty decidida, como se fosse uma grande crítica e desabafo em seu tom meio a uma ajuda para a pessoa acordar com uma voz desafiadora com um tom cansado, ou seja, de pouca diversão, mas, quando falar sobre “Ninguém merece ser só mais um bonitinho/Nem transparecer, consciente, inconsequente/Sem se preocupar em ser adulto ou criança” a voz tempestuosa de Pitty se acalma “um pouco”, saindo mais leve, suave, há uma pequena queda como se ela estivesse dando um conselho para a pessoa, na qual, volta a ser uma melodia tempestuosa.


Em meio ao rock pesadíssimo da baiana na música variando entre a tempestade e o digamos: “Vamos refletir e falar calmamente sem escândalos e drama”, ou seja, querendo apaziguar as coisas, junto com o forte som de guitarra gritando forte, nesse “rum, dundon on”, na qual pausa quando há uma tentativa de suavidade que ao mesmo tempo pode-se dizer como um conselho dela para as pessoas enquanto ela fala: “O meu cabelo não é igual/A sua roupa não é igual/Ao meu tamanho, não é igual/Ao seu caráter, não é igual/Não é igual, não é igual, não é igual”, na qual, vem ela com a voz meio algo como um pouco anarquista calmo de bom dia, dizendo umas verdade nem tanto querendo agredir a pessoa e nem tanto preocupada em agradar.


A parte em inglês destaca um claro desabafo quando ela “caí” na no maior cumulo da exaustão de não aguentar ser o que não é, ou seja, de não aguentar mais usar máscaras citando assim: “Eu tive o suficiente/Mas eu não me importo/Eu tive o suficiente/Mas eu não me importo/Eu tive o suficiente/Mas eu não me importo/Eu tive o suficiente/Mas eu não me importo”, na qual, ela mostra na melodia uma voz suave, mas ao mesmo tempo cansada, desabafando e sentindo agonia e que termina essa parte com a revolta dela de querer quebrar esse círculo vicioso e ser o que ela é de verdade.


Então o som intercala na guitarra e a bateria junto com a voz de Pitty dar o clímax de tudo, nesse agressivo, ou melhor, nessa rebeldia de guitarra e voz gritando e na suavidade de não aguentar mais e se desabafar, e assim dar um dane-se vocalmente com tudo. Sem dúvidas a voz é de tempestade, rebelde, indignada e revoltada. Assim com a melodia explosiva. Em meio que bem baixinho focando na música dar para ouvir o acompanhamento do vocais bem de nuance.


Mas ao mesmo tempo que tem isso tudo falta uma Pitty mais divertida como ‘Te conecta’ que é uma música recente dela, e assim comparando a antiga Pitty com a atual, ela evoluiu muito e agora sabe ousar, divertir-se e se jogar na melodia, então sai uma Pitty mais dura, séria, sem rebolado e sem força para emocionar a pessoa tendo uma pequena ousadia no próprio tema da música, mas, que ao mesmo tempo não tem maleabilidade!


1.2. Ritmo = 18 Pontos (-2)

A guitarra come a solta em meio a explosiva guitarra que entra em rebeldia com suas cordas, em meio ao “rum, dundon on” dela, e ainda com a bateria bater de tão força que mostra a revolta de Pitty nessa ousada música explosiva e crítica, com umas voltas ao ouvir com pequena delicadeza da guitarra junto com a bateria, dando um “dundo, dundo” com esse pequeno detalhe no som, na qual, combina com a “gritaria” da guitarra e rebeldia da bateria!


Vale destacar também a guitarra crescente no início na música quando ela diz “Tira a máscara que cobre o seu rosto” que termina depois explodindo junto com a rebeldia da bateria que dar uma força forte, todavia, a guitarra faz um “rawn” que abre o refrão e a forte crítica de Pitty, e que só desce e tem uma “recaída” na parte inglês que ela canta. Então o ritmo da música e feita pelo crescente da guitarra, o apoio da bateria e depois a explosão da guitarra e em seguida o desabafo que faz o ritmo cair, no entanto, voltar. Mas poderia ousar muito mais, assim penso.


1.3. Harmonia = 12 Pontos (–4/ –4)

[+] Acompanhe aqui os trechos: < https://www.letras.mus.br/pitty/80314/ >. Disponível nesse site e visto pela última vez: 03/07/2019

A harmonia não do samba e sim do rock da Pitty nessa música é completa, pois no momento do desabafo que é o : “I had enough of it/But I don't care/I had enough of it/But I don't care/I had enough of it/But I don't care/I had enough of it/But I don't care” dar uma grande demonstração não ruim e sim “boa” de cansaço de ter que usar as máscaras, e depois tem a explosão da última fala em inglês como se fosse (e é) um grande grito de eu não aguento mais.


Mas em minha opinião poderia ter um pouco de ousadia em termo que ficar algo faltando, na qual eu não sei especificar, mas a harmonia é boa, no entanto eu sinto algo faltando, e isso poderia ser ou até é a ousadia e o brincar com a música, e até mesmo se jogar ao meio que se diverti, mesmo que a música é séria e forte, mas só a diversão e ousadia na parte que ela fala que o trecho 7 da música na qual ela se diverte um pouco junto com a melodia e ritmo, mas tirando isso falta um pouco de ousadia, diversão e mostrar que está se jogando na música!


Vale lembrar que falta um pouco de se entregar ao ritmo de Pitty nessa música, pois mostra ela um pouco mais dura, sem uma malandragem, sem um se soltar e um ritmo um pouco duro, mas, sem ousadia nesse duro e sem se divertir, pois ela poderia se diverti mais na música acompanhando ao ritmo, por isso a harmonia fica um pouco mais ou menos.


2. ESTILÍSTICO E CONTEXTO DA OBRA = 18 PONTOS (–2)

A música representa um rock pesado perfeitamente, mas, assim como eu disse sem muita malandragem comparada a Pitty atual, assim, ela vem de um jeito sem malandragem, no entanto, sendo “Nu Metal”, ou “Metal alternativo” não peca tanto assim no seu estilístico! Pois a música representa um metal forte, crítico, de fazer muito “barulho” no bom sentido da coisa, assim essa música claramente não nega a rebeldia e força do metal, talvez seja isso que faz ela na minha opinião não ser tão ousada propositalmente.


///


O contexto da obra é seguida de exemplo, o álbum é um Rock Pesado e alternativo que a música representa com grandeza o álbum e até sendo o carro-chefe dele, a rockeira traz um tema crítico com um álbum de metal pesado, e até digo que é ousado (agora sim), em termo de localização, pois a Bahia vive de axé e pagodão, ou quando não é isso é arrocha, e ela com tamanha ousadia lança o seu primeiro álbum solo ela vinda da Bahia, mostrando que a “terra do axé” também pode ser do rock metal e que pode fazer sucesso tanto aqui na Bahia quanto no Brasil. Por isso é uma boa ousadia!


Então a ousadia é feita porque Pitty quebra o estereótipo regional e ultrapassando barreiras junto com a “mesmice” assim nesse álbum a cantora trás junto com ‘Máscaras’ uma forte mensagem para protestar contra a superficialidade e mostra que como na música o importante é ser o que realmente é dentro de sua alma!


3. FUNDAMENTOS MUSICAIS = 20 PONTOS

A música tem um bom e forte fundamento, tem acordo com o álbum, e é o que ela representa, uma crítica feroz contra a tantos absurdos da sociedade, e tantas coisas que se negam e se anulam no cotidiano, assim a música cumpre com o ‘Admirável Chip Novo’ e sua crítica, ela não foge do propósito, é uma música de forte reflexão sobre a sociedade, cumpre com as questões do que o álbum é inspirado em um livro falando da pós modernidade e o álbum ganhou vida própria e “paralela” é claro ao livro.


Desta forma, a música traz uma reflexão junto com o álbum inspirado no livro, que Pitty se inspirou para criar o álbum, mas, é claro, que não fugiu do seu jeito inteligente de fazer música e nem fugiu do seu jeito original de fazer música, assim, é um grande ponto positivo e a música Máscara representa muito e abrangem ao fundamento musical!


Critica ao todo = 80

MEU LADO CRÍTICO música Máscara - Pitty NOTA AO TOTAL

“O importante é ser você e não uma imitação bonitinha padronizada aceitadinha!”


*******

Gostou do texto? Então compartilhe nas suas redes sociais, afinal estará ajudando muito a mim, siga-me nas redes sociais, pois só assim terei base do crescimento do blog, quer me ajudar mais? Recomende o meu trabalho ao pessoal que vai gostar e dar oportunidade no meio do jornalismo opinativo (colunista), afinal, isso vai me ajudar muito a crescer e ainda dar um grande passo profissional! Enfim, seja bem-vindo a comentar o que você achou educadamente! Um forte abraço e até a próxima!

Pitty é arte artistica!!

Obrigado por tudo pessoal! Venha sempre aqui no MBC NEWS!!

Imagem retirada da internet e reproduzidas no blog: 01, 02.

LINKS DE REDES SOCIAIS 00 Disco95 DEFINITIVO

Disco95 ASSINATURA 00

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here